Jovem que cheirou pimenta está sem resposta aos estímulos neurológicos

0

Goiânia – Internada desde o último dia 17 de fevereiro após cheirar pimenta, a jovem Thais Medeiros de Oliveira, de 25 anos, não apresenta resposta neurológica aos estímulos, de acordo com boletim médico divulgado neste sábado, (4/3), pela Santa Casa de Anápolis, cidade a 55 km da capital goiana.

Conforme o boletim, Thaís saiu da ventilação mecânica, foi submetida a uma traqueostomia, está sem sedação, no entanto, ela não reagiu aos estímulos. Ainda de acordo com a unidade de saúde, a jovem apresentou febre nas últimas 24 horas. Ela segue entubada, em estado grave e necessita de cuidados intensivos.

A jovem teve contato com “pimenta bode”. Nos últimos dias, os boletins médicos haviam informado melhoras no edema cerebral e a retirada dos medicamentos para o controle da pressão arterial.

Crise de asma

A jovem está internada desde 17 de fevereiro, quando teve uma crise de asma e deu entrada no hospital após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Thais ficou cerca de sete minutos sem pulso e 15 minutos sem oxigênio.

Segundo contou o namorado, a garota estava com os amigos quando começaram a falar sobre pimenta. Thais passou o condimento no nariz e cheirou. A garganta dela começou a coçar, ela “foi perdendo as forças” e eles a levaram ao hospital. A situação aconteceu durante um almoço .

Familiares da jovem afirmaram que ela nunca havia apresentado sinais de alergia.

The post Jovem que cheirou pimenta está sem resposta aos estímulos neurológicos first appeared on Metrópoles.